fbpx

SINIKKA LANGELAND – sonoridade celestial

SINIKKA LANGELAND

SINIKKA LANGELAND – sonoridade celestial

Há projectos musicais que nos seduzem aos poucos, lentamente, consoante as suas audições se vão sucedendo umas atrás das outras,  enquanto outros há que não precisam ser ouvidos muitas vezes, pois nos conquistam de imediato, mal as primeiras notas repercutem nos nossos ouvidos!

É o caso de um notável disco – “Wolf rune”, projecto de uma fantástica  artista têxtil, pintora e cantora folk de origem norueguesa        (nasceu a 13 de Janeiro de 1961 em Grue, na Noruega) e que pouco a pouco se transformou numa exímia executante de kantele, um belo mas estranho instrumento de corda, parecido com uma citara, que ela domina a seu bel-prazer ao mesmo que utiliza nesse mesmo instrumento como uma perfeita e adequada cama musical, para colorir rítmica e sonoramente as palavras que a sua voz vai debitando e por vezes (quase sempre)nos provoca grandes arrepios de …prazer!

A sua voz, profunda e por vezes autenticamente celestial, evoca os fiordes da sua terra natal e logicamente também toda a bela e admirável natureza, que a rodeia, crua e rude, mas verdadeira e por vezes intocável, que vai fazendo as delicias dos mais variados fotógrafos…

Já com diversos trabalhos no activo, a solo ou em grupo, quase sempre e já por diversas vezes aclamados unanimemente, é simultaneamente compositora também e dona de uma voz única e fascinante, recheada de cambiantes sonoros invulgares; ao mesmo tempo, Snikka é também uma verdadeira mestra na execução do kantele, sob o som do qual emociona fortemente, especialmente ao interpretar canções, com textos de variadas origens poéticas, que falam de pensamentos filosóficos e reflexões sobre a natureza selvagem e da inter-relações das pessoas, canções que incidem muitas vezes, musicalmente, sobre hinos folclóricos, tradicionais, canções rústicas e xamânicas, preces e sobre danças tradicionais também.

Infelizmente ainda pouco divulgada entre nós, está na hora de com este ultimo disco, se tomar agora um contacto mais profundo com a linguagem oral, a voz e a magia de uma voz e uma instrumentista de eleição:- a  singela nórdica que dá pelo nome de Sinikka Langeland!

SINIKKA LANGELAND

CD ECM /Distrijazz