Você está aqui: Entrada / Notícias

Notícias

JORGE FERNANDO

Date: 2018-05-02 00:00

Como um verdadeiro artista de circo fazendo no trapézio perante a multidão ,silenciosa e como que paralisada ,um arriscado numero sem rede, Jorge Fernando arrisca agora de novo contra ventos e marés, contra tudo e contra todos, especialmente contra os mais puristas que geralmente são os seus maiores detractores pela sua aposta sistemática numa certa vanguarda instrumental e de arranjos e propõe-nos um novo disco –“De mim para mim” onde faz exibição de todos os seus excelsos dotes de compositor ( ouça-se já a nova e belíssima versão do seu cartão de visita fora do fado -“Umbadá, num arranjo verdadeiramente notável e irresistível) e onde acima de tudo ele demonstra porque é hoje em dia um dos melhores ou até mesmo o melhor letrista do fado (já o é sem dúvida nenhuma em termos de produção), evidenciando na parte literária dos seus trabalhos uma qualidade de tal ordem elevada que quando a mim ultrapassou já há muito essa invisível barreira e pode e deve muito justamente ser agora adicionado ao número dos grandes poetas/letristas da canção nacional por excelência que eu pessoalmente mais aprecio como sejam, entre outros, João Ferreira Rosa, Pedro Homem de Melo, Vasco de Lima Couto, Amélia Muge, Manuela de Freitas, José Luís Gordo, Maria do Rosário Pedreira, David Mourão Ferreira, Álvaro Duarte Simões, Linhares Barbosa, Tó Zé Brito, João Monge, Rosa Lobato Faria, Mário Rainho ou ...a rainha Amália Rodrigues. Já com provas dadas no campo da descoberta de talentos (Mariza, Ana Moura ou Fábia Rebordão são alguns dos mais evidentes exemplos) o cantautor é injustamente, pouco menos que ignorado por parte de alguns media nacionais, se calhar por não ser habitual frequentador das tertúlias da intelligencia ou não participar de lobbies mais ou menos na moda; assim, contando unicamente com a qualidade do seu trabalho que tem espalhado por inúmeros discos de fadistas conceituado (a)s Jorge Fernando continua a deslumbrar e surpreender a solo, suplantando-se de disco para disco e a prova evidente disso é o seu novo projecto onde assina as doze composições do disco ,duas delas em parceria com Fabia Rebordão e Guilherme Banza . Extremamente exigente, sobretudo com ele próprio, é por demais evidente o bom gosto com que, sonoramente, rodeia as suas canções e por isso mesmo é que o seu novo trabalho se pauta por uma qualidade geral acima da média, ficando no ar a incógnita que sempre me intrigou e que é perceber-se porque é que nenhuma das grandes editoras -as chamadas majors ,que quer elas queiram, quer não, e isso muito lhes custe a engolir, tem enormes responsabilidades artísticas e culturais no campo da edição em Portugal, até hoje não apostou a sério nele através de campanhas de marketing e divulgação sérias e outras formas de publicidade no sentido de colocar o artista num plano de grande evidência na musica portuguesa como ele indubitavelmente merece, muito mais que outro (a)s com discutíveis índices de qualidade que tem o estatuto de protegidos injustamente tem beneficiado e continuam a beneficiar vá lá saber-se porquê !!! Já costuma dizer o povo na sua infinita sabedoria que “vale mais cair em graça que ser engraçado” e isso, prova-se agora, é mesmo uma grande verdade... CD edição de autor/ Glam Music

Ler mais »


ELTON JOHN-BERNIE TAUPIN

Date: 2018-05-01 00:00

Muitas vezes acontece que as novas versões de músicas de sucesso não alcançam grande nível artístico ou comercial , às vezes porque os seus novos interpretes não estiveram à altura do desempenho ou outras vezes porque as composições não fazem grande sentido senão na voz do seu interprete original. Não é porém o caso de ”Rewamp” álbum contendo trezes canções da autoria da dupla Elton John/Bernie Taupin onde vários artistas de diferentes craveiras e áreas ,incluindo o próprio Elton ,desempenham ,com grande rigor estético e muitas vezes até com laivos de brilhantismo , um grande trabalho ao outorgarem às canções uma segunda vida. Com efeito ,com a chancela de qualidade da dupla , temas como “Goodbye yellow brick road” , “Candle in the wind” ,”Your song” ou “Daniel” surgem de novo na ribalta dos tops e das preferências do publico ,tal como afinal acontece com a compilação onde merecem destaque interpretes como Queens of the stone age , Lady Gaga , Coldplay , Ed Sheeran ou Florence and the Machine. Imperdível ! CD Rock/Virgin/Universal Music

Ler mais »


RICARDO GORDO

Date: 2018-05-01 00:00

Paisagens sonoras a fazer lembrar inesquecíveis pôr-do-sol , montanhas verdejantes , águas límpidas e cristalinas de rios correndo mansamente para o mar , paisagens luxuriantes ,ondas cristalinas cuja espuma se desfaz na orla da praia ou belos lagos eis o que nos traz à imaginação a audição do último disco do instrumentista Ricardo Gordo que fora dos cânones e dos habituais lugares do fado , mas inspirado pela musica popular nacional cruza na perfeição com a sua guitarra de fado sonoridades de várias tendências e latitudes de raízes nitidamente portuguesas . Projecto particularmente arrebatador pela sonoridade e virtuosismo demonstrados pelo seu autor ,contem também certas abordagens , belíssimas ,a paisagens menos fadistas mas não menos ricas de espontaneidade e carisma ,“Ricardo Gordo” é no entanto e acima de tudo um disco apelativo , sedutor e apaixonante ,de sonoridades exuberantes trazidas até nós através duma linguagem instrumental que sabe bem ouvir em qualquer lugar ,a qualquer hora do dia...ou da noite. CD Ovação

Ler mais »


C.LLOYD & C. HAMILTON

Date: 2018-05-01 00:00

Projecto , que agora e face ao seu conteúdo pode ser já considerado histórico “The complete 1960-61 sessions” traz-nos de volta dois dos maiores nomes do jazz – Charles Lloyd e Chico Hamilton num trabalho de colaborações entre os dois músicos e suas respectivas formações ,na altura particularmente interessante e eficaz ,que à data da edição original se traduziu no lançamento de três LPs abrangendo dois anos fundamentais na carreira de cada um deles pois significou um período de grande criatividade e brilhantismo do baterista (CH)e do saxofonista e flautista(CL) . O projecto agora compreende dois CDs com uma totalidade de 26 composições e mais de duas horas de duração e possibilita o aparecimento de alguns dos temas mais importantes da carreira de cada um dos instrumentistas incluindo duas soberbas músicas absolutamente inéditas até hoje em formato de CD –“Winter wonderland” e “Brazil” e outras sete que surgem como bónus no segundo dos discos. Jazz brilhante , eficaz , virtuoso e intemporal ! 2CDsPhono/Distrijazz

Ler mais »


CIGDEM ASLAN

Date: 2018-05-01 00:00

É um dos mais fascinantes trabalhos no domínio das músicas do Mundo o segundo trabalho de Cigdem Aslan , que já tinha deixado toda a gente com água na boca aquando do lançamento do seu primeiro disco -“Mortissa”; agora o muito esperado segundo disco -“A thousand cranes” aí está para conquistar tudo e todos e pode definir-se como uma quase hipnótica viagem lírica de exploração musical através de uma mão cheia de canções algumas com origem nos anos 20 , de composições dos Balkans , Atenas e do sul-leste da Anatólia numa verdadeira migração que Cigdem faz através de cidades e fronteiras usando para isso a sua voz de profundas raízes mediterrâneas , sempre cantando com uma suavidade ornamentada por uma grande capacidade de improvisação a que se junta todo o virtuosismo de um naipe de músicos extraordinários que lhe criaram a cama sonora mais que perfeita para albergar as suas tonalidades vocais, inebriantes e etéreas. Verdadeiros blues do Mar Egeu as composições do novo disco são-nos servidas em bandeja de ouro pela voz cálida e levemente misteriosa de Cigdem e constituem um grande maná musical e sonoro embelezado por instrumentos tocados com perfeição e virtuosismo por um quarteto de excepção a que se juntaram ocasionalmente alguns outros músicos convidados que em conjunto conseguem afinal criar um ambiente sonoro inebriante ,livre de identidades étnicas e religiosas que nos transporta a tempos antigos e a áreas geográficas de mistério e encantamento como foram sem dúvida Constantinopla ( agora Istambul) e outras zonas míticas da Ásia menor e culturas circundantes , embora seja bem difícil , pela sua semelhança sonora ,discernir a origem nas composições incluídas e saber-se quais são gregas e quais são turcas porque afinal de contas todas se vão reinventando a si mesmas. Deixando no ar uma mensagem de esperança fundem-se aqui raízes musicais de judeus, árabes , turcos, arménios ,eslavos , persas e curdos , num lauto manjar vocal onde romance e nostalgia andam de mãos dadas com ancestralidade e beleza e isso no fim de contas é que é o mais importante... CD Asphalto tango records/Megamúsica

Ler mais »