Você está aqui: Entrada / Notícias / NANCY VIEIRA - Manhã florida

NANCY VIEIRA - Manhã florida

Há muito tempo já que o nome Nancy Vieira não era associado às habituais compilações de música africana ou a novas edições discográficas e por isso mesmo o aparecimento de “Manhã florida” vem colmatar um silêncio que já...doía! Com efeito a cantora ,nascida guineense ( seus pais estavam na altura na Guiné por se terem ido juntar ao PAIGCV ) mas de ascendência cabo-verdiana ( foi para a terra de Cesária Évora com apenas quatro meses de idade) e que vive em Portugal há mais de 20 anos onde desfruta de grande popularidade ,acaba de lançar o seu quinto trabalho de grande fôlego onde canta vultos de renome do panorama autoral de Cabo Verde como são os casos de gente como Mário Lúcio , Amândio Cabral , (autor do mega sucesso de “ti” Cesária – “Saudade” ), Eugénio Tavares , Tiolino ou Teófilo Chantre ( o produtor do projecto) e seu pai Vitorino Chantre , isto para além de ela própria ter contribuído para o naipe de composição do projecto ao arriscar incluir, num autentico trabalho sem rede , um tema com musica e letra da sua própria autoria –“Porto inseguro” que fala de um amor inseguro do passado... Dona de uma belíssima voz ,suave ,genuína , sensual e delicada (como as areias do Sahara que chegam ao arquipélago cabo-verdiano trazidas pelos ventos) Nancy afirma-se cada vez mais como uma interprete de eleição e uma cantora soberba com cambiantes e matizes próprios e bem definidos que a audição das doze composições que compõem o seu novo projecto (onze cantadas em crioulo e uma em língua francesa num dueto com Raphaele Lannadère ) facilmente deixam antever e que nos falam de melancolia ( que a própria Nancy diz ser às vezes feliz e fazer chorar), mas também de dor , amor ,saudade e sofrimento , sentimentos afinal tão comuns ao quotidiano de toda a diáspora africana espalhada um pouco por todo o Mundo! Saia de lá então uma primorosa cachupa e uma cerveja bem geladinha para se poder comemorar em grande estilo o regresso da bela Nancy Vieira , porque ela bem merece que a sua “Manhã florida” , seja mesmo ilustrada por muitas flores e tenha uma festança das grandes! CD Harmonia /Lusafrica
classificado em: