Você está aqui: Entrada / Notícias / JOÃO BRAGA - Outrora Agora

JOÃO BRAGA - Outrora Agora

É fadista de corpo inteiro e a sua voz é uma das poucas imediatamente reconhecíveis quando se ouve uma sua qualquer interpretação e se calhar por nunca se calar e dizer sempre o que pensa, doa a quem doer, é pouco menos que ostracizado pela maioria dos media; porém, contra tudo e contra todos, continua o seu percurso musical e, por isso mesmo, a cantar e a gravar discos indiferente a querelas, modas e ditames... O mercado nacional regista agora o aparecimento de um novo projecto -“Outrora agora” que como o próprio título deixa antever reúne gravações actuais e outras mais antigas :- umas registadas em estúdio em 1980 e outras no Verão de 2017. Assim os cinco temas que haviam sido gravados nos anos oitenta e que não chegaram porém a ser editados na altura emparceiram agora no novo trabalho com mais sete gravados mais recentemente ;daí o título do disco que tem a particularidade de incluir cinco belíssimas composições –as da década de 80- da autoria do grande e inimitável João Ferreira Rosa, fadista e autor infelizmente recentemente desaparecido do nosso convívio, servindo assim o projecto como uma espécie de homenagem póstuma de João Braga a um seu grande amigo e fadista, criador do imortal “Embuçado”. As novas gravações incluem composições de autores tais diversos e distintos como José Afonso, Tiago Torres da Silva, Maria Manuel Cid e Manuel Alegre bem como regista pela primeira vez a autoria do próprio João Braga em algumas composições. O novel trabalho, gravado por mestre Hugo Ribeiro, infelizmente já desaparecido, regista nas duas fichas técnicas a presença de ilustres instrumentistas como Joel Pina , Fontes Rocha , António Luiz Gomes, “Paquito”, Jaime Santos Jr , Pedro Castro ,Francisco Gaspar e Luís Guerreiro, que, convenhamos, muito contribuem para o altíssimo nível sonoro do disco que mais que uma imaginativa abordagem melódica ao fado é também um sublime trabalho de um fadista que o tempo vai valorizando e consagrando como um dos grandes valores da chamada canção nacional. CD Valentim de Carvalho
classificado em: