Você está aqui: Entrada / Catálogo / Ensaio sobre a Cegueira

Ensaio sobre a Cegueira

Um Requiem pela Humanidade

Jorge Salgueiro

Na banda sonora “Um Requiem pela Humanidade” – que conta com Sara Bela como soprano e Silvia Filipe como mezzo soprano, temas como “Epidemia”, “Manicómio", “As Violações” e “Espectros” estão entre os que mais directamente remetem para algumas passagens do livro. Não obstante a violência contida em certos trechos musicais, que acompanham a tragédia do romance, o amor é, segundo o maestro, “o grande tema” das suas composições, que incluem diversos elementos fornecidos pela noção de “cegueira branca” da obra do Nobel Português.

Ensaio sobre a Cegueira

10,00 €

JORGE SALGUEIRO é um dos compositores portugueses mais dinâmicos da actualidade. Já editou mais de 30 discos e compôs cerca de 130 obras, entre as quais se destacam a Sinfonia n.º 1 – A Voz dos Deuses, a Sinfonia n.º 2 – Maré Nostrum, a fábula sinfônica para crianças A Quinta da Amizade, duas Aberturas para orquestra e o Requiem pela Humanidade.

Esta última foi composta para a encenação – do grupo de teatro O Bando – da peça O Ensaio sobre a Cegueira, que esteve em cena até Setembro de 2005 no Teatro da Trindade, inspirada no romance homónimo de José Saramago.

Os temas para o “Ensaio sobre a Cegueira”, gravados no Mosteiro de São Bento da Vitória, no Porto, foram criados “antes da versão dramática estar pronta”, afirmou o compositor, acrescentando que, por isso, a “musica foi acompanhando o desenvolvimento da peça, n uma influência mutua”.

Alem de defender que a musica pode “ajudar à criação do caos” que o texto de Saramago transmite em vários momentos, Jorge Salgueiro considera que os temas musicais “são o segundo plano da visão do espectador perante a cena, podendo ajudar as suas sensações”.

Na banda sonora “Um Requiem pela Humanidade” – que conta com Sara Bela como soprano e Silvia Filipe como mezzo soprano, temas como “Epidemia”, “Manicómio", “As Violações” e “Espectros” estão entre os que mais directamente remetem para algumas passagens do livro.

Não obstante a violência contida em certos trechos musicais, que acompanham a tragédia do romance, o amor é, segundo o maestro, “o grande tema” das suas composições, que incluem diversos elementos fornecidos pela noção de “cegueira branca” da obra do Nobel Português.

 

Libreto bilingue