Você está aqui: Entrada
Foram encontrados 46 itens que satisfazem os seus critérios.
Filtrar os resultados por
Tipo de item














Itens novos desde



Ordenar por relevância · data (mais recente primeiro) · alfabeticamente
DELANEY & BONNIE
O projecto Delaney & Bonnie foi um dos vários projectos musicais por onde passou a classe e o virtuosismo do grande Eric Clapton, justamente apelidado por muita gente como “Slowhand” ou “God”; o projecto, que durou pouco tempo- 1969 e 1970-com terminus após o divorcio da dupla em 1973-, catapultou no entanto muitos dos intervenientes como convidados para os píncaros da fama no mundo musical nomeadamente o próprio Clapton que a partir daí encetou, e depois da passagem pelo projecto seguinte - Derek and Dominos- uma carreira fantástica, com altos e baixos derivados ao uso de drogas, vicio maldito que no entanto com ajuda de gente como o beatle George Harrison, conseguiria abandonar para então se dedicar á sua carreira... O mais famoso e comercial projecto discográfico da dupla acabou por ser “Delaney & Bonnie & friends on tour with Eric Clapton “, que se tornou num álbum quase mítico até porque é constituído pelos melhores excertos de concertos de 1969, incluindo para além de shows no Colston Halle e no Fairfields Halls, o celebre show no Royal Albert Hall em 1 de Dezembro desse ano que constituiu sem dúvida o mais alto momento do projecto do casal e seus convidados; esse mesmo concerto na sua versão integral surgiu agora num quadruplo CD que inclui esses concertos atrás citados para além dum booklet com 48 paginas e resulta num documento histórico importante não só da vida musical de Clapton mas também de alguns dos restantes intervenientes tais como Dave Mason, Jim Gordon, Bobby Whitlock ou Jim Price músicos que acabariam por estar na génese da formação dos Derek & Dominos com o próprio Clapton; um projecto histórico que acaba por se tornar num importante e valioso documento/registo ao vivo na vida de um dos maiores guitarristas pop/rock da história musical mundial que dá pelo nome de Eric Clapton , um génio musical , popularizado por canções como “I shot the sherif” ou mais tarde “Tears in heaven” e que tinha estado anteriormente indissociavelmente ligado à historia de outras formações como os Yardbirds, John Mayall bluesbreakers, Cream ou Blind Faith... 4 CDs Atlantic/Warner Music
Localizado em Notícias
NUNO DA CAMARA PEREIRA
É sem dúvida um dos fadistas mais facilmente reconhecidos pela sua voz e pela sua peculiar maneira de interpretar, atributos de que nem todos os interpretes nacionais se podem orgulhar; com uma carreira de 40 anos em que não se limitou a cantar, antes procurou inovar através duma evolução constante e um crescimento sólido a que não é alheia a sua vontade de sempre modernizar um pouco, sem no entanto perder a genuinidade, caminhos e profundas raízes ( vidé por exemplo o mega sucesso “Meu querido, meu velho, meu amigo” de Roberto Carlos onde o cantor brasileiro é tratado com amor, sentimento e com uma certa reverência, mas sem subserviência)... Agora, no novo disco “Belmonte em cantos mil”, onde reafirma a sua condição de autor assinando em parcerias 50% de uma totalidade de 14 composições que integram o projecto, está cada vez mais como “peixe na água” cantando como só ele sabe com segurança, espontaneidade e eloquência vocal , demonstrando que está no melhor da sua forma, ousando mesmo dar voz a dois monstros sagrados do país verde-amarelo – Dorival Caymmi e Caetano Veloso e o resultado final dessa “aventura” é sem dúvida brilhante e recompensador falando de diáspora e “achamento do Brasil” com subtileza, profundidade, respeito, doçura e um certo...charme. Nuno da Câmara Pereira está sem dúvida em grande forma vocal e recomenda-se ; por isso mesmo este novo projecto ( apoiado pela Rádio Amália e pela CM de Belmonte) é uma “pedrada no charco” e um disco que merece uma cuidada atenção (especialmente dos habituais detractores e geralmente senhores de uma enorme dor de corno) e constitui uma das mais agradáveis surpresas fadistas do ano de 2017... CD Primetime records
Localizado em Notícias
ESSENTIAL RECORDINGS/THE SINGLES
Com o desaparecimento físico de muitos artistas é lógico e compreensível que as detentoras dos seus espólios discográficos relancem muitos dos seus sucessos sob a forma de compilações , individualmente ou sob a forma de séries ou até mesmo em alguns outros casos reeditando os originais discos muitas vezes seguindo à risca somente o alinhamento inicial outras juntando a este temas extras que muitas vezes nunca tinham visto a luz do dia e que de certo modo valorizam imenso o produto final. É o caso de duas novas séries de triplos CDs lançadas pela Distrijazz- “Essential recordings” e “The singles” onde podemos encontrar um fabuloso acervo de sucessos de famosos artistas como Chuck Berry (Maybelene/Roll over Beethoven/Johnny B.Goode/Sweet little sixteen, etc.) , Jacques Brel (Ne me quitte pas/La valse a mille temps/Quand on na que l´amour), Nina Simone (My babe just cares for me/I loves you Porgy/Summertime), Ray Charles (I got a woman/Georgia on my mind/Hit the road Jack) e Ella Fitzgerald (I can´t get started/ Stardust/You´ll never know). Acompanhados de booklets com16 ou 20 paginas com fotos e diversa informação os triplos trabalhos constituem-se como verdadeiras obras de colecção e por isso mesmo de aquisição obrigatória por parte dos melómanos. 3CDs New Continent/Distrijazz
Localizado em Notícias
JOÃO PEDRO PAIS
O passado dia 3 de Dezembro foi de comemoração pois nessa data completaram-se 20 anos do início de carreira de João Pedro Pais, nome grande do panorama rock português e reconhecido interprete; para comemorar o evento lançou-se um best of – “20 anos” constituído por dezoito dos seus mais emblemáticos sucessos e dois originais (“Faz tempo” e “És do mundo”)composições que ele próprio escolheu como sendo as que mais tocaram nas rádios e assim o deram a conhecer ao público português; longe vão já os tempos da ingenuidade musical e lírica que “ostentavam” as primeiras cantigas porque a verdade é que nos últimos anos as suas composições revelaram já uma grande maturidade de composição e uma actualidade social sempre crescente ; agora com o lançamento da sua primeira colectânea de sucessos eis uma ocasião soberana para se aquilatar da sua sempre crescente evolução artística e se recordarem algumas da composições que o popularizaram e ajudaram a cimentar uma bem sucedida carreira e que vem assim sobremaneira aguçar o apetite dos fans para um novo disco de originais de um dos nomes mais sonantes da musica pop/rock em Portugal... CD Valentim de Carvalho
Localizado em Notícias
THE SMITHS
Em 1986 Manchester, a musica inglesa pop independente e as suas respectivas tabelas foram literalmente abaladas, no bom sentido, com a publicação de um ambicioso e inovativo projecto que o tempo se encarregaria de transformar num clássico e seminal álbum e acabaria mesmo por constituir o ponto discográfico mais alto de uma banda – The Smiths na altura liderada por uma figura incontornável que dava pelo nome de Steven Patrick Morrissey que mais tarde, prosseguindo uma carreira a solo, se transformaria simplesmente em...Morrissey. Pois essa mesma obra-prima surge agora de novo nos escaparates desta vez sob a forma de uma caixa especial, cujo conteúdo foi objecto de nova remasterização e que compreende para alem do disco original ainda mais dois CDs , um deles com temas alternativos oriundos da gravação original, outro uma gravação ao vivo em Boston e ainda um DVD com a película homónima de Derek Jarman , vários extras, maquetes do engenheiro de som Stephen Street, etc. “The Queen is dead” ,um disco brilhante que influenciou gerações de músicos e agora, nesta caixa em edição de luxo, se torna sem sombra de dúvida uma verdadeira raridade e ao mesmo tempo um objecto de culto e colecção para os milhares de admiradores da banda de Morrisey e Johnny Marr... 3CDs/DVD - WB/Warner Music
Localizado em Notícias
ALEJANDRO SANZ
Alejandro Sanz é uma das mais brilhantes estrelas da pop em Espanha e por isso mesmo cada seu novo lançamento é motivo de comentários, criticas, entrevistas, discussões , grandes parangonas nos “media” e essencialmente enorme entusiasmo por parte dos indefectíveis fans... É o caso concreto de “Es - el concierto” que mais não é que o resultado final de um espectáculo ao vivo comemorativo do vigésimo aniversário do lançamento do disco “As”, comercialmente um dos mais bem sucedidos discos no país vizinho. O evento teve lugar no velhinho mas mítico estádio do “meu” Atlético de Madrid – o Vicente Calderon, que pelo que me disseram na capital espanhola dentro em breve será objecto de demolição para dar lugar a uma grande urbanização até porque o clube espanhol tem já uma nova e moderníssima morada desportiva- o Wanda Metropolitano; foi o próprio Sanz que não se poupou a esforços para que este evento se tornasse inesquecível e por isso, a juntar ao facto de, para alem do grande sucesso de vendas -os ingressos para o show esgotaram em apenas 30 minutos- convidou, para com ele interpretarem e abrilhantarem os temas do laureado disco e outros sucessos seus dos álbuns seguintes, uma plêiade de cantores extensa e de alto gabarito tais como Laura Pausini, Juan Luis Guerra, Niña Pastori, Pastora Soler, António Carmona, Miguel Poveda, Pablo Alboran, Miguel Bosé, Juanes, Vanesa Martin e David Bisbal entre outros e ainda o mítico guitarrista de flamenco Vicente Amigo; convenhamos que é um naipe de artistas de se tirar o chapéu ou como dizem os brasileiros “um conjunto de famosos pra ninguém botar defeito !” Um mega espectaculo que acabou por resultar num projecto musical deslumbrante e verdadeiramente... épico !!! CD/DVD Universal Music
Localizado em Notícias
JORGE PALMA
Cantautor de créditos e méritos firmados Jorge Palma , que já completou 45 anos de carreira, viu agora editado um projecto ao vivo resultante dos concertos de comemoração dos 25 anos da edição do álbum “Só” que tiveram lugar em salas como o CCB, Casa da Música, Convento de S. Francisco e Teatro das Figuras e no conteúdo musical do projecto, sabendo-se como é normalmente grande a cumplicidade entre artista e publico, isso ressalta sobremaneira, com o pianista/cantor a entregar-se de corpo e alma à interpretação das canções que assim resultam mais abrangentes e brilhantes pois vem ao de cima em todas elas uma grande capacidade de improvisação factor que já no cantautor é habitual até pela relação directa que ele sempre estabelece desde o palco com quem o ouve ao vivo na plateia e que acaba por se tornar num fio condutor que em perfeita comunhão une em consonância as duas partes... “Só - ao vivo”, mais que uma colectânea de sucessos de Jorge Palma registados desta vez ao vivo (Deixa-me rir”, “Frágil”, “Só”, “Na terra dos sonhos”,”Bairro do amor”, etc.), um documento histórico da vida artística, criativa e musical dum genial contador de histórias do quotidiano que dá pelo nome de Jorge Palma e é sem dúvida um dos grandes cantautores desta actual geração. Como extra no projecto está um DVD com um apontamento documental e sete temas ao vivo em que se incluem duas belíssimas e pessoais versões de Jorge Palma para“Bird on the wire” do lendario Leonard Cohen e “Avec le temps” do imortal Leo Ferré. CD/DVD Warner Music
Localizado em Notícias
M80- ROCK CLASSICS
Escolhidos pelos programadores da estação aí estão nada menos de 34 classicos do rock mundial incluindo três canções de artistas portugueses (Xutos e Pontapés, Peste & Sida e Jáfumega) agrupados em dois CDs – “M80- rock classics”- e onde se podem encontrar incontornáveis sucessos como “We will rock you” (Queen), “Down under” (Men at work), “The boys are back in town”(Thin Lizzy), “All right now”(Free) “ ou “I was made for lovin´you” (Kiss); pena que ninguém se tenha lembrado por exemplo de “Ribeira” ou “Dá-me lume”dos Jafumega em lugar do tema que figura na compilação, “Pop musik” dos M ou “Endless love” dos Time Bandits composições que tornariam certamente a compilação ainda mais apetecível embora na realidade este duplo CD tenha de considerar-se um magnifico projecto; paciência, fica para a próxima... 2CDs Universal Music
Localizado em Notícias
VINICIUS DE MORAES
Um grande poeta, boémio e lenda da bossa nova está a destacar-se nos mercados e a surpreender com as vendas já registadas com uma nova e acertada selecção das suas melhores composições através de “Vinícius de Moraes – the poet of the bossa nova”, um projecto triplo , onde se encontram algumas das suas mais antigas composições e onde também vamos poder ouvir canções lendárias como “A felicidade”, “Água de beber”, “Chega de saudade”, “Pela luz dos olhos teus”, “Monologo de Orfeu”, “Insensatez” ou a incontornável “Garota de Ipanema”, sendo alguns dos temas interpretados por ele próprio e outros incluindo canções de “Orfeu da Conceição”, superiormente cantadas por gente como João Gilberto, Elizete Cardoso, Stan Getz, Luís Bonfá, Sylvia Telles, Baden Powell ou Agostinho dos Santos; um documento de inquestionável qualidade e valor que traz de novo ao nosso convívio Vinicius de Moraes (1913-1980), que foi grande amigo da nossa diva Amália, com quem chegou a gravar, e que é sem dúvida uma das mais imortais personalidades da música popular brasileira de quem também foi um dos seus maiores embaixadores e proeminentes figuras... 3CDs New Continent/Distrijazz
Localizado em Notícias
JAZZ IN FADO
Tarefa deveras aliciante, mas convenhamos que também extremamente difícil, é conseguir transformar celebres fados em jazz sem que eles percam a sua genuinidade e sabor musical; porém essa aventura liderada por um homem que já possui no seu currículo nada menos de 5 Grammies latinos- Óscar Gomez foi levada a cabo e com um resultado surpreendente , pois para alem de ter reunido um fabuloso grupo de fadistas tais como Carlos do Carmo, Carminho, Raquel Tavares, Helder Moutinho, António Zambujo, Joana Almeida, Cuca Roseta e Marco Rodrigues e a estes juntar mais dois artistas de outras áreas (Ana Bacalhau e Maria Berasarte) conseguiu em “Jazz in fado”um casamento perfeito entre as nuances da canção nacional por excelência e as sonoridades do jazz latino através das vozes desses artistas que criaram para dez famosos fados novas matizes vocais em comunhão perfeita de sintonias, ideias e musicalidade. Resultado? Um festim de jazz latino sob a égide do fado! CD Universal Music
Localizado em Notícias